Imagem capa - As Dandaras  por Tina Fon

As Dandaras


Torres, 07 de novembro de 2019.

Texto da Cris Gomes, utilizado por ela no bate papo sobre a MULHER NEGRA na abertura da exposição fotográfica no Sesc de Torres.

Nas fotografias, cada mulher escolheu a sua frase, do que significa ser mulher negra. 


Raízes de Dandara

 "Somos todas raízes de nossas ancestralidades, de nosso passado, de nossas famílias trazidas, construídas nessa terra colorida, mística, de povo alegre, faceiro, guerreiro, persistente, de heróis e heroínas. De uma terra que nos encanta, desencanta mais, cada sol, vento, lua, chuva, nos renovamos, crescemos, vivemos com um sol de esperança e fé, de uma jornada igualitária, de respeito. Respeito de nossas histórias, origens culturais.  

    Somos todas Raízes de Dandara, Zumbi dos Palmares, Oliveira Silveira. O reflexo negro, refletir que somos todas iguais, trazendo no sangue a herança dos nossos pais, é lutar e resistir todos os dias, a cada respirar. Ter consigo um coração tranquilo, a alma leve. Somos a obra prima de Deus.

   Descubra-se através do amor de ser negra. Cada negra e negro traz a sua essência e não sua sentença. Ser negra é ser forte, guerreira, poderosa.Traz sua bandeira, sai pra lá com sua intolerância que estou passando com a minha resistência!

  Para impulsionar e voar muito longe, atrás dos meus, seus, nossos sonhos, ideias, conquistas de uma vida. Muito mais humano, igualitário, com sorriso no rosto, Fé, Axé! Criatividade! Gentileza! Através da nossa luz e energia, AXÉ!!! 

 Angela, Aninha, Andréia, Cristina, Cris Gomes, Cecília, Camila, Daiane, Gi, Luciana, Naza, Val, Tina."

 Texto de  Cris Gomes.